domingo, julho 22, 2007

"Ganhaste. Viciei-me na alegria de estar contigo, inclinado sobre as tuas frases, ardendo pela primeira vez de desejo sobre o teu corpo inexistente. Ganhaste, Sininho. Aqui me tens, deslumbrado e impaciente, reconstituindo o tu que falta nas fotografias, as conversas que se calhar nunca tivemos."
Fazes-me Falta
Inês Pedrosa
Viciada

terça-feira, julho 17, 2007


Always when we fight
I kiss you once or twice
And everything's forgotten
I know you hate that
I love you Sunday song
The week's not yet begun
And everything is quiet
And it's always...


You and me always, and forever

domingo, julho 15, 2007

"Sentados sobre as camas de ferro dos seus quartos, lembraram-se: encontrámo-nos. Naquele dia, perante a imagem verdadeira um do outro, sentiram: encontramo-nos. No rosto dele, a esperança. No rosto dela, mais do que a esperança. Encontramo-nos. Encontrámo-nos. Encontraram-se. Foi ele que caminhou a distância pequena que ainda os separava. Foi ele que estendeu os braços. Ela baixou o olhar entre o seu corpo imóvel e a terra. Os braços dele sem uso. As palavras formaram-se dentro dela. As palavras aproximaram-se dos seus lábios. No silêncio, entre os seus rostos, as palavras existiram e foram um eclipse."

José Luís Peixoto
Ao adormecermos eternamente


One more time let me kiss you .. close your eyes and i'll be on my way

quinta-feira, julho 12, 2007

"Pele contra pele, coração contra coração. Falaram de tudo e de nada, da chuva e do bom tempo, da noite e do dia, da Cave e do Sótão, das coisas más, mas, sobretudo, das boas.
- Já tenho saudades tuas - confessou Fio Maravilha.
- Como assim? Estou aqui colada a ti!
- Tenho saudades do dia em que não estiveres perto de mim.
- Mas isso nunca vai acontecer.
Por breves instantes, ficaram a olhar um para o outro. Antes que ele dissesse alguma coisa, ela colocou-lhe a palma das mãos sobre a boca. Depois beijou-o com os olhos, a língua, sobretudo, com o coração. Foi um beijo prolongado, de cortar a respiração. Um beijo sentido, muito aguardado. Sabia a pastilha elástica.
- Podia ficar a noite toda assim - confidenciou Nuvem Maria.
- A vida toda - respondeu Fio Maravilha.
Talvez por isso demoraram ainda algum tempo a desapertar aquele abraço. Daquele beijo. Quando os seus lábios se separaram, ouviu-se um estalido, a saliva tinha-se esgotado.
E fizeram juras de amor.
- Amanhã vem ter comigo - suplicou Nuvem Maria.
- Promete que me beijas depois de amanhã - acrescentou Fio Maravilha"

Nem tudo começa com um beijo
Jorge Araújo e Pedro Sousa Pereira


Foi há dois segundos e já és tanto de mim...