sexta-feira, abril 29, 2011

(In)quieta


Gastei os meus últimos Euros neste livro durante uma viagem bem quieta, por sinal. Uma tentativa de buscar o consolo que o sono por vezes não traz já que as viagens, então as longas, são verdadeiras ratoeiras que nos tiram fantasmas debaixo da cama...
A luz seca, os olhos atentos, palavras mestres e uma aterragem leve que mudou a minha vida.
Nunca se faz duas vezes a mesma viagem mas podemos sempre voltar ao ponto de partida.

"E a vida tem de incluir pequenas loucuras, sal da nossa existência."
in, A Casa Quieta, Rodrigo Guedes de Carvalho

terça-feira, abril 26, 2011

Menina moleca


Mas que menina moleca
Mas que moleca maluca
É uma levada da breca
Ela é uma lelé da cuca

segunda-feira, abril 25, 2011

Já não há Abril (?)



"... Vivemos um momento histórico como talvez desde 1640 não se vive, é a libertação da Pátria! ..."

domingo, abril 24, 2011

sábado, abril 23, 2011

I can't quit you baby


Estes senhores fazem qualquer coisa de muito extasiante... ainda há daquelas simbioses!
Termino o dia assim, arrepiada!!!

quarta-feira, abril 20, 2011

Café de Flore

Já estava na hora de fazer uma visita a um dos mais fascinantes e existenciais sítios por onde passei: Café de Flore, inspirado na estátua da deusa Flora, é um dos mais mediáticos e conceituados cafés/restaurante do mundo. O alojamento não poderia ser melhor, Paris como cartão de visita e o boémio bairro de St Germain de Prés como casa.
Em Saint Germain aflora um misto de pecado e inquietação banhado de rebeldia e saber. Por lá passaram (e continuam a passar) um sem número de artistas e intelectuais, entre eles Jean-Paul Sartre e Simone de Beauvoir que se alojaram no Café de Flore em 1939, podendo este aclamar ser o coração do existencialismo.
Hoje, vive da fama mas não só fazendo ainda jus aos motivos que lhe deram a graça e a (sobre)vivência.


domingo, abril 17, 2011

Cegos que, vendo, não vêem

“Por que foi que cegámos? Não sei, talvez um dia se chegue a conhecer a razão. Queres que te diga o que penso? Diz. Penso que não cegámos, penso que estamos cegos, Cegos que vêem, Cegos que, vendo, não vêem.”
in “Ensaio sobre a Cegueira”
José Saramago

quinta-feira, abril 14, 2011

Cucurrucucu


Quero ser, para sempre, assim, Paloma!

terça-feira, abril 12, 2011

CK

Adoooro as campanhas da Calvin Klein e a nova, como se não bastasse, tem como cara a magnífica Lara Stone num reclame divertido, irreverente e sempre com um cheirinho arrojado que a CK gosta de dar.
Ao perfume sou-lhe fiel desde que me conheço..

domingo, abril 10, 2011

Too much talking

Majestic

Podia ser na Capital, mas não é, o 6º mais bonito Café do mundo e, por sinal, o mais bonito do país, tem a Invicta como cenário e a Belle Époque como inspiração.
Já vai muito além de um simples espaço de convívio, O Majestic, não podendo o nome retratar melhor a figura deste lugar, é um ponto de referência que veste a cidade do Porto, requintando a Baixa portuense dos pés à cabeça.

Closed, please call tomorrow!

Buonna Notte


sexta-feira, abril 08, 2011

Manu!

Está a ficar cada vez mais difícil escolher quais concertos ir já que a crise, este ano, parece que não chegou ao grande e recheado leque de festivais de verão... ai!


Manu Chao dia 14 de Julho no palco do Festival Marés Vivas em Vila Nova de Gaia.

quarta-feira, abril 06, 2011

Mov(i)e me


- Sente-se optimista ou pessimista em relação ao futuro do cinema?
- Pessimista. Por causa da palavra "audiovisual". 



Robert Bresson, em entrevista, inicio dos anos 80.

domingo, abril 03, 2011

Redemption

Won't you help to sing,
these songs of freedom?